>Mix de Comunicação Corporativa – ABRP

>Participei do último Mix de Comunicação Corporativa da ABRP, em que foram discutidos os seguintes temas: “Cultura Organizacional”, “Redes Sociais (sistemas auto-organizados)” e “ROI como ferramenta estratégica de comunicação”.

Ao abordar o tema “Cultura Organizacional”apresentei a importância que ela exerce para a empresa. A cultura possibilita que se crie uma identidade única e também que as situações que acontecem no ambiente organizacional tenham sentido. E, para identificá-la, há alguns traços que podem ser avaliados, como: valores, rituais, heróis internos, símbolos, histórias, tabus, entre outros.

André de Abreu, da agência Máquina da Notícia, falou sobre redes sociais, mostrando o quanto elas impactaram para a mudança da dinâmica das organizações e a importância que ganharam ao longo dos anos em relação às mídias tradicionais. Definitivamente, os comunicadores precisam pensar e fazer comunicação de um modo diferente. Um ponto importante que o André abordou é que “não há ainda especialistas em redes sociais”, pois esse é um mercado novo, que todos estão aprendendo.

Priscila Silva, da agência Ketchum Estratégia, contou sobre o trabalho que começaram a desenvolver de ROI em comunicação, neste caso, voltado especificamente para imprensa. A metodologia utilizada pela agência estabelece critérios e pesos para avaliar as matérias (qualidade da matéria, espaço na página, key messages abordadas, entre outros). Com isso, é atribuida uma nota final para cada texto e, por meio de uma metodologia matemática, é feita a comparação entre a qualidade das matérias publicadas e o total investido em imprensa, possibilitando mostrar se houve ou não o Retorno sob Investimento (ROI).

Ela ressaltou que mensuração de resultados em comunicação é um aprendizado constante e que se aperfeiçoa principalmente por meio de trocas de experiências entre os comunicadores para chegar em bons modelos.

Apesar dos temas apresentados terem focos diferentes, algumas mensagens em comum foram transmitidas. Uma delas é a importância que a comunicação corporativa atingiu no mercado e a necessidade de estar atrelada a estratégia de negócio e apresentar resultados. Outro ponto é a necessidade de encontros e trocas de experiências entre comunicadores para a construção e propagação de conhecimento.

Comments

comments

Tem algo a dizer? Fique a vontade!

 
Seguir

Receba os posts em seu email.

Cadastre seu email