#somostodoscrianças: o Dia das Crianças como estratégia de engajamento da Livelo

Confira o motivo pelo qual a Livelo optou por comemorou o Dia das Crianças de forma despojada, promovendo o engajamento e conectando os empregados com o negócio:

Cenário:

A Livelo é a empresa de recompensas do grupo Elopar, pertencente ao Banco do Brasil e ao Bradesco. Seu propósito é facilitar o resgate de pontos dos cartões de crédito pertencentes aos programas de fidelidade desses dois bancos.  Lançada ao mercado em junho desse ano, a empresa se diferencia por ter uma identidade despojada, criativa e, ao mesmo tempo, simples. Desde 2014, quando era apenas um projeto, já era possível identificar nos empregados, processos e na própria dinâmica de trabalho essas características.

Apesar disso, a Livelo tem um desafio de explicar tanto para empregados quanto para clientes seu modelo de negócios, que difere dos atuais players do mercado de empresas de recompensas. A área de comunicação vem trabalhando diversas estratégias que, entre outras coisas, ajude o time a entender os negócios da companhia, sempre de maneira descontraída.

Desafio:

Celebração de datas comemorativas em muitas empresas é um must-have: precisam acontecer porque os empregados demandam, mas, na maior parte das vezes, não entregam valor à estratégia de comunicação. Na Livelo, este ano, a celebração das efemérides com os empregados foi pensada de forma a sustentar o plano de comunicação. Assim foi com o Dia das Crianças.

Solução:

Uma ação simples, que partiu de um reconhecimento do público interno da organização. O time da Livelo identificou que por conta da natureza do negócio, o perfil etário dos empregados era de 32 anos e que apenas 30% deles têm filhos. Assim, recorrer ao tradicional “kids day” na empresa seria uma ação de impacto muito pequeno. Foi então que, a partir do reconhecimento do público, a solução apareceu: foram convidados os pais dos empregados para celebrar, na Livelo, o Dia das Crianças.

imagem1

Imagem disponibilizada pelo departamento de DHO da Livelo

 

A ideia, além dos aspectos lúdico e subjetivo de apresentar aos pais o ambiente em que trabalham e restabelecer a conexão que com o tempo e crescimento dos filhos acaba diminuindo, também atendeu uma demanda objetiva de negócio, de em nova oportunidade, poder clarificar o modelo de negócios tanto para os pais, quanto para os próprios filhos.

No dia do evento, eles foram recepcionados com uma ficha em que deveriam preencher qual era a função do filho dentro da empresa. A intenção era ver se realmente eles sabiam qual era a atividade dele na empresa. Feito isso, eles encontravam com seus respectivos filhos para um tour pela no ambiente de trabalho.  Em seguida, o diretor da Livelo realizou uma apresentação com o objetivo de explicar como funciona a companhia, abordando temas diversos, desde aspectos em torno dos propósitos corporativos até aqueles relacionados à como a receita é gerada. Ao final dessa apresentação, pais e filhos foram convidados para participar de atividades lúdicas.

A ideia foi a de promover dinâmicas que remetiam à importância da atuação dos pais na infância e suas contribuições para que os empregados se tornassem grandes profissionais, como, por exemplo, uma brincadeira em que o pai e o filho deveriam preencher uma ficha com perguntas sobre o filho, que iam desde a infância até a vida adulta. Em outra atividade realizada, dez placas foram expostas com frases clichês de dizeres de mães/pais aos filhos e uma psicóloga mediadora pediu para que os filhos se posicionassem em frente da frase que mais se identificavam, de acordo com que eles mais ouviam na infância. Então, ela relacionou o que cada uma daquelas frases gerou de aprendizado e comportamentos, que hoje são essenciais em suas funções na Livelo. Ao final, os filhos agradeceram aos pais por todo aprendizado, o que gerou muita comoção em todas as famílias.

Além das ações realizadas, todo o ambiente da empresa foi preparado para esse dia especial. A recepção estava repleta de balões que nas pontas tinham fotos dos empregados quando pequenos e as mesas estavam com arranjos de flores. Um totem de fotografias instantâneas também foi disponibilizado para que os empregados pudessem tirar fotos que seriam transformadas em um monóculo chaveiro, marcando esse momento especial de pais e filhos.

 

Imagem disponibilizada pelo departamento de DHO da Livelo

Imagem disponibilizada pelo departamento de DHO da Livelo

 

_mg_9565

Imagem disponibilizada pelo departamento de DHO da Livelo

 

(Fonte: as informações e fotos apresentadas foram compartilhadas pela Especialista de DHO da Livelo, Adriana Apanavicius).

 

Comments

comments

Artigos relacionados

Tem algo a dizer? Fique a vontade!

 
Seguir

Receba os posts em seu email.

Cadastre seu email